Basílica de Santa Sofia – Istambul – Turquia | Crédito: Shutterstock

Turquia

Status do país: aberto para brasileiros.

Vacina(s) exigida(s): nenhuma vacina específica é necessária para a entrada no país.

Documentos obrigatórios: passaporte com validade mínima de seis meses e seguro-viagem com cobertura para COVID-19. Brasileiros não precisam de visto, mas o prazo máximo de permanência permitido é de 90 dias.

Exigências de entrada durante a pandemia: apesar de os voos do Brasil para a Turquia estarem suspensos no momento, brasileiros podem entrar no país. No entanto, devem ter teste RT-PCR com resultado negativo para COVID-19, realizado no máximo 72h antes do embarque, assim como cumprir quarentena obrigatória de 14 dias em hotéis pré-estabelecidos pelo governo turco (mesmo os que já foram vacinados) ou, então, em algum destino autorizado pelo país, como as Maldivas. Ao mesmo tempo, todos devem preencher uma declaração de saúde, documento solicitado no momento do check-in e no desembarque. O formulário pode ser preenchido nas 72h que antecedem o voo rumo à região.

Importante: como o Brasil também exige a apresentação de teste RT-PCR negativo 72h antes do embarque, o retorno ao país não será autorizado caso o resultado seja positivo. Sendo assim, brasileiros que testarem positivo deverão arcar com os custos da remarcação da passagem. Para mais informações é só clicar aqui.

Todas as informações podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Laboratórios para realização de teste RT-PCR

Istambul

Laboratório: Acibadem Taksim Hospital.
Endereço: Fahrettin Kerim Gökay Caddesi No:49 34662 Altunizade / Üsküdar.
Telefone:
Preço aproximado: US$ 35 a US$ 70.
Tempo médio do resultado: 24 a 48 horas.
Necessário agendamento: sim.
Site: acibadem.com.tr
Documentação necessária: passaporte.

Laboratório: Kolan Hospital.
Endereço:
Telefone: 90 444 1 443
Preço aproximado: US$ 35 a US$ 70.
Tempo médio do resultado: 24 a 48 horas.
Necessário agendamento: sim.
Site: kolanhastanesi.com.tr
Documentação necessária: passaporte.


Laboratório: Memorial.
Endereço: Piyalepaşa Blv. 34385, Şişli
Telefone: 90 549 639 3366
Preço aproximado: US$ 35 a US$ 70.
Tempo médio do resultado: 24 a 48 horas.
Necessário agendamento: sim.
Site: memorial.com.tr/en/hospitals
Documentação necessária: passaporte.

10 comentários para “Turquia

  1. A Turquia esta fechada inclusive para conexão, porem existe a previsão de abertura a partir do dia 13/09, isso é oficial ? Essa informação foi dada pela Turkish.

    1. Ainda não temos essa informação, Paula. O próprio site do Itamaraty, cuja última atualização se deu em 03/09/2021, indica que o desembarque de passageiros em voos diretos do Brasil está suspenso por tempo indeterminado. Se quiser dar uma olhadinha, o link é este: http://istambul.itamaraty.gov.br/pt-br/covid-19.xml.

      Assim que a gente tiver qualquer novidade sobre isso a gente atualiza aqui!

    1. Olha só, Caroline, os voos ainda estão suspensos, mas brasileiros(as) podem, sim, entrar no país. Continua sendo obrigatória a apresentação de teste RT-PCR negativo para COVID-19, feito até 72h antes do embarque, além da quarentena de 14 dias em hotéis pre-estabelecidos pelo governo turco. Ao mesmo tempo, todos(as) precisam preencher uma declaração de saúde, disponível neste link: https://register.health.gov.tr/.

      Só vale reforçar que, se um(a) brasileiro(a) testar positivo para COVID-19 quando estiver na Turquia, ele(a) terá de arcar com os custos da remarcação da passagem e respeitar o período de quarentena seguindo as regras determinadas pelas autoridades locais, OK?

  2. Ouvi falar que a Turquia volta atrás e suspende voos do Brasil de novo, essa informação confere?

    1. Daniela, perdoe a demora em responder!

      Os voos diretos do Brasil para a Turquia ainda estão suspensos, mas isso não significa que brasileiros não possam entrar no país. As exigências mencionadas no conteúdo desta página continuam valendo, viu? 😉

    1. Atualizamos o conteúdo neste momento, Margarete! Estávamos considerando o país fechado, já que os voos do Brasil para lá estão suspensos no momento, mas, como estão permitindo a entrada de brasileiros mesmo assim, alteramos o status para “país aberto”. No entanto, mesmo quem já foi vacinado precisa cumprir quarentena de 14 dias, viu?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *